Quem sou eu

Minha foto
Piracicaba, SP, Brazil
Sou casada, tenho um filho, amo viver, adoro trabalhos manuais, música, filmes, antiguidades etc.

quinta-feira, 13 de março de 2014

Ter um blog





O engraçado de se ter um blog é que as amizades começam ao contrário das outras relações.
Através de um blog você conhece primeiro o interior da pessoa. Você vai descobrindo seus gostos, suas habilidades e um pouco do que vai em sua alma.
Alguns se sentem mais a vontade para abrir seu coração, outros são mais comedidos.
Mas, que a relação começa de dentro prá fora, isso começa. E, sob alguns aspectos, isso é ótimo!
Às vezes, temos uma primeira impressão errada quando conhecemos alguém pessoalmente. E logo rotulamos: perua, chata, sem-graça, workaholic, desleixada, metida.
Isso tudo sem conhecer o que vai por dentro, seja uma grande tricoteira ou uma amiga em potencial.
A primeira impressão pode nos desanimar, ou nos deixar em dúvida mas, se tem uma coisa que venho aprendendo com os anos é o quanto é interessante conhecer gente.
E que podemos nos enganar num primeiro momento.
Sinto também que a maioria das pessoas é muito parecida: todos temos os mesmos medos, as mesmas alegrias bobas, nossos desejos, nossos frios na barriga.
E não somos perfeitos. Ninguém é. Como podemos então exigir perfeição de alguém? Se nem na minha costura, fonte de prazer e lazer, eu quero ser perfeita, por que raios vou exigir isso de alguém?
Enfim, é um barato conhecer alguém novo e ir lhe "descascando" as camadas, lhe conhecendo por inteiro para descobrir que bem lá embaixo do seu peito bate um coração bem parecido com o da gente. E um ótimo atalho é ter um blog. Eu recomendo!!!!

13 comentários:

Mercè Patchwork disse...

Me gusta tu entrada....a mi personalmente hacer un blog ha sido una bonita experiencia.
Conocer personas con las mismas aficiones con las cuales compartes satistacione y criticas....
Besos.

trapos a voar disse...

Concordo em absoluto! E conhecer você tem sido um enorme barato! Bjo

Regina Saraiva disse...

Olá Rebeca,

Você conseguiu definir direitinho! Me encaixei tão bem no seu texto, fui lendo e me acomodando cada vez mais, como no cantinho preferido do sofá.

Beijos e bom final de semana.

Val disse...

Olá Rebeca, é sempre um prazer ler os seus textos. E sim, penso que vc tem razão no que diz. Apenas há um elemento, que acabamos por não conhecer sobre quem escreve um blog: os momentos maus. Pelo menos eu, procuro sempre os blogs que não me falem de problemas. Esses todas nós já os temos na vida real!
Mas sim, começamos a tirar as camadas de dentro para fora. Bj grande e bom fim de semana, que aqui se avizinha com temperaturas ótimas (15, 20 graus) e um céuzinho azul, azul!

a andorinha disse...

Excelente! Acontece-me igual. E há pessoas que gostava mesmo de ver ao vivo. Bom fds.

Sílvia disse...

Oi REbeca,
Para mim o blog foi uma tábua de salvação pois me tirou de uma depressão, quando apareceram os primeiros sintomas da depressão, eu ficava em casa e comecei a olhar os blogs, um dia meu marido me deu um NetBoot
Até então eu usava os das filhas, minha filha fez o blog e minha vida mudou . Deixei a medicação e hoje nem sei o que é tristeza, para mim é um mundo meu, nem ligo muito para o face, mas o blog é sagrado, conhecer pessoas que nunca te viu e mesmo assim receber apoio e incentivo é tudo de bom.
Bjs.
Silvia.

Camila Faria disse...

Muito bacana Rebeca, nunca tinha pensado nisso. A gente acaba conhecendo um pouquinho da alma de cada blogueira, mesmo antes de conhece-las pessoalmente!

helena frontini disse...

É mesmo verdade!
Bom fim de semana.

Claudia disse...

Oi, Rê! Também acho isso. Fico cada dia mais surpresa com os desdobramentos que o blog tem me proporcionado. Antes de ter um, eu acha um pouco superficial, mas depois de ter um percebo exatamente o contrário. Superficial é conhecer alguém por fora primeiro. Acho engraçado as identificações e as afinidades, que são inevitáveis aqui e que nem sempre conseguimos perceber na "vida real". Enfim, o recurso da informática e da internet, nos possibilitou isso: a aproximação de pessoas que senão fosse por esse instrumento talvez o destino não desse conta de fazê-lo. Beijos no seu coração tão parecido com o meu. Clau.

Pri disse...

Adorei suas palavras.
Sinto isso também porque só mostrei meu rosto há pouco tempo e quem gostou do meu blog e de mim, gostou de verdade.
Beijo!

filosofiabotequim disse...

Assino por baixo Rebeca. Ter um blog é muito bom. Conhecemos pessoas e temos uma ferramenta importante para alimentar a nossa inspiração e criatividade. ;)

Paula Louceiro disse...

Adorei o post.
Sinto bem isso, descrição perfeita.
E como é bom fazer parte de tudo isso.
Beijos

Silvia Lucats disse...

Amei esse texto, me identifiquei...
Obrigada pelo carinho no Casa da Flor de Maio, muito gentil da sua parte, Rebeca!
Vc também é muito talentosa, amo artesanato, gostaria de ter mais tempo para poder fazer, mas como não tenho, aprecio muito quem faz, seu trabalho é lindoo...
bjs, prazer em conhecê-la!...

Eu recomendo

Eu recomendo

costureiras de Tarsila

costureiras de Tarsila

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Gentileza Gera Gentileza