Quem sou eu

Minha foto
Piracicaba, SP, Brazil
Sou casada, tenho um filho, amo viver, adoro trabalhos manuais, música, filmes, antiguidades etc.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Uma senhora muito elegante

  


   Um dos meus passatempos preferidos é observar. E observar de tudo: o formato das nuvens, as casas antigas, o torneado dos móveis.
   As árvores, se tem vento, se tem janela aberta prá eu espiar.
   Mas o que me dá prazer mesmo é observar pessoas, ver o que há de comum e de diferente.
   Pois bem, estamos sexta-feira passada, meu marido e eu, em um dos nossos bares preferidos. Na mesa ao lado, meu alvo da vez, uma senhora.
   Bonita, bem penteada, maquiada levemente, vestida com extremo bom gosto.
   Tem gestos tão delicados! Noto o capricho com que saboreia a porção de Lula à Dorê: coloca UM anel de lula no prato e, com garfo e faca, corta em 4 pedacinhos e vai levando-os à boca, calmamente, um a um. Só então, e mais tarde, serve-se de outro anel de lula. Beberica a cerveja.
   Tristemente penso que jamais serei fina daquele jeito! Os gestos serenos, o comer devagarzinho como se comida nem lhe fizesse muita falta.
   A mim, a comida me apetece muito, me dá prazer, sensações. Não me contenho diante de um prato saboroso: quero apreciá-lo logo.
   Já conformada com as nossas grandes e aparentemente intransponíveis diferenças, reparo que entra no bar uma cantora e seu companheiro de violão.
   E tudo fica melhor com música! A MPB faz nossa noite deliciosa e refresca minha mente atormentada.
   Quando começam a tocar sambas, redescubro a senhora fina na mesa ao lado. De braços erguidos, entoa um "você abusou, tirou partido de mim, abusou...".
   Não sei se foi o samba que esquentou ou a cerveja que subiu, mas uma nova mulher surgiu.
   E dá-lhe Paulinho da Viola, Clara Nunes, Benito de Paula.
   Vejo-a cantar juras de amor para o garçom, jovem e meio constrangido.
   Meu marido faz previsões macabras "daqui a pouco ela sobe na mesa!".
   Prá finalizar, chega o último pedido dela: uma grande, gorda e aparentemente deliciosa panqueca, devorada em minutos.
   Saímos do bar antes dela mas, lá de fora ainda ouvíamos aquela senhora fina, elegante e agora feliz, acompanhar um Martinho da Vila.
 

16 comentários:

Filomena Crochet disse...

Fantástica história...as pessoas estão sempre a nos surpreender...sempre...

abraços de MF

Ana Paula disse...

Ai,que delícia de história!!!!Já me deu vontade de ligar até uma samba!!!!Consegui imaginar a senhora com detalhes!!!!

Artes da Vovó Mada 2013 Brasil disse...

Oi Rebeca,uma interessante observação...daria até uma cronica?
O fantástico de tudo isso..é que o ser humano é algo muito interessante capaz de infinitas coisas....Assim de observar como você!Gosti...bjs

Paula Louceiro disse...

Rebeca, acabei de chegar em seu blog e adorei.
Você escreve maravilhosamente bem. Parabéns.
Eu também gosto de observar as pessoas e acho que isso vem da minha mãe que também adora observar.
E que noite gostosa essa sua hein?
As melhores coisas da vida são esses momentos ao lado das pessoas que amamos.
Bjokas

Regina Saraiva disse...

Olá Rebeca,

Que delícia de texto, adorei! Como você também sou gulosa, me deixou com vontade de "quero mais". Me senti no restaurante vendo a cena. Já falei que adoro seus texto? Posso repetir?
Beijos

Simone pinturas e crochês disse...

Boa tarde querida Rebeca!
Amei sua descrição, muito legal mesmo...
Beijos e tudo de bom!

a andorinha disse...

Rebeca acabei de descobrir um novo talento seu como contadora de histórias. Gostei! Bj

Val disse...

Tem uma amiga de infância da minha mãe que é umas das pessoas mais chiques e cultas que conheço: ela tanto é elegante num restaurante comendo com talheres de prata, como refinada num boteco,chupando uma cabeça de peixe. Sério! e o melhor é que ela curte e adora as 2 situações. Sempre achei também que jamais conseguiria ser como ela, e como eu gostaria.Acho que elegancia, nasce com a pessoa e talvez fique mais refinada com a educação. Gostei muito desta crónica.

Quanto aos manequins: dei um jeito de colocar naquele post meio sob pressão, só para vc vê-los! tenho mais 2 no quarto daqui de casa ! Bjs

Claudia disse...

KKKK... Rebeca, muito boa! Eu também consegui visualizar a mulher fina, mas me identifiquei mesmo foi com você. Adoro um barzinho com música ao vivo, sou gulosa e também adoro observar. As vezes faço assim: observo uma cena e treino meus ouvidos para ouvir outros sons distantes da cena... fica muito engraçado. Beijos minha querida e alegre amiga. Clau.

trapos a voar disse...

Já disse e repito, você é uma escritora de talento! Suas observações são deliciosas e o modo como você as relata, mais ainda!
Bjo

Amara Mourige disse...

Rebeca, muito bom seu texto!Fiquei encantada com essa adorável senhora!
Menina você escreve muito bem! Parabéns!!!
Beijos
Amara

Marly disse...

Oi, Rebeca,

A estória é deliciosa, mas o seu texto também é ótimo (eu já disse isso? rsrs). Adorei mesmo viu, parabéns. Eu também admiro a finesse, mas admiro igualmente (acho que mais até) a bondade, o caráter, a integridade...rsrs.

Um beijo, boa tarde e - desde já - bom fim de semana

Francine Borges disse...

Oieee querida...
Obrigadinha pelo carinho no seu comentário...
Bom fim de semana pra você linda...
Beijinho

Francine

Rovânia Queiroz disse...

Rebeca: é sério.Você está se tornando minha escritora preferida! Amei esse texto!!! Só que tenho outro ponto de vista sobre ele: Acho que definitivamente as aparências enganam!!!E que no final era você a senhora elegante e educada rsrssr!!!
Beijinhos e um maravilhoso final de semana!

Judy disse...

Observar coisas, pessoas e lugares faz com a gente se observe melhor também...
Pois de uma noite de samba, petiscos, e observação rendeu auto-conhecimento e um texto delicioso.
Acho que ser autêntico e educado é ser verdadeiramente fino e elegante, e você é assim!
Beijo, ótimo final de semana com olhares sempre atentos.

Rosaria Amorim disse...

OI Rebeca, ADOREI, eu as vezes tbm fico a apreciar as pessoas e tentar decifra-las, e percebo que nós seres humanos nos surpreendemos e as vezes percebemos que ñ conhecemos nem nós mesmos...BJK no seu coração.

Eu recomendo

Eu recomendo

costureiras de Tarsila

costureiras de Tarsila

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Gentileza Gera Gentileza