Quem sou eu

Minha foto
Piracicaba, SP, Brazil
Sou casada, tenho um filho, amo viver, adoro trabalhos manuais, música, filmes, antiguidades etc.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Cadeira medalhão: Depois e Antes











Comprei esta cadeira num bazar, prá variar.
Quando a vi no meio de tantas coisas, ela só tinha um braço e parecia um anjo de asa quebrada.
Estava com uma pintura mal feita e o tecido imundo.
E eu, coração mole, não resisti a dar-lhe uma segunda chance.
Pareceu-me que estava ao meu alcance torná-la inserida novamente no rol dos móveis a se exibir com orgulho.
E lá vou eu rumo ao marceneiro: "laca branca, por favor!"
Decido estofá-la junto com meu amigo Bill, que compra todas minhas ideias doidas.
Usei este tecido branco estampado com bicicletas antigas, comprado nas últimas férias em Paraty (eu SABIA que um dia seria útil...)
Nas costas, para que não restem dúvidas do meu amor, vai a estampa de uma máquina de costura antiga.
Acabamento em passamanaria, espuma nova, tecido novo, pintura nova. Tudo arde novo nesta antiga dama que agora mora lá em casa.


Obs.: As fotos foram feitas prá homenagear esta casa em ruínas. Era tão bonitinha! Um pequeno jardim, na lateral esquerda uma vaga para automóvel e à frente, ao pé da porta, uma varanda.

Era assobradada e havia uma sacada com guarda-corpo adornado com cobogós arredondados. No alto, um grande arco.
Sua última pintura, como ainda se pode notar, teve o capricho de dois tons de verde.
Hoje restam só as paredes da frente e uma imensa saudade de ver casas como essa decorando as ruas das cidades.

30 comentários:

Josy disse...

Rebeca minha querida, as vezes sinto uma sintonia fabulosa com algumas blogueiras, eu tô pensando numa coisa ou querendo e simplesmente minutos depois eu me surpreendo com a coincidência.
Estou de olho numa cadeira dessa medalhão, babando e querendo adquirir uma para meu cantinho novo, rssssss...que vou ter ano que vem. Sou ansiosa e quero tudo pra ontem.
Lembra quanto deu na sua? Tem uma q custa 80,00 reais tá aparentemente inteira. Só que vou ter que reformar. A reforma da pintura e do estofado é muito complicada?

Beijocas!

Pri disse...

Pára tudo que você tem um dom, hein, Rebeca.
Morri na imagem com a máquina de costura vintage na parte de trás.
Você devia ganhar dinheiro com isso.
Ficou linda demais. Parabéns!
Vai pro seu cantinho de costura, né? Aposto.
O piso da casa lembra casa de Vó! ♥
Beijos.

Thais Pelosi Neves disse...

Rebeca...
A cadeira ficou linda!!! Sonho com uma dessa...
Aqui em SP é vendida no osso por RS 500,00. Se estiver pronta então, o dobro.. Como está na moda abusam...
O tecido é lindo. O da máquina então...
A fachada da casa é linda... Que pena que estamos no tempo de construções modernas e tão pobre em detalhes e amor...
Beijos
Thais

Val disse...

ok, então podemos combinar da seguinte forma: eu freto um container, coloco na sua porta e vc por favor põe dentro esta cadeira, o manequim, aquela mesa que virou banco. Algumas portas e janelas dos seus cenários, e já agora alguns trabalhos seus. Pode ser? depois manda atravessar o oceano que estou aqui esperando.

Agora a sério (não é que o que disse acima não fosse): ficou linda e o detalhe das costas, surpreendente. Você arranjou um tecido com uma estampa de máquina tão grande? como foi? comprou de propósito ou tinha já em casa?
Só depois de rever as imagens é que notei que você descartou a asa boa!linda a comparação com o anjo.

Na minha profissão me deparo com muitas casas (apartamentos) quase em ruínas.A pessoa se passeia lá dentro e fica viajando em como seria aquilo antes, com vida, pessoas,rotinas,e as coisas no lugar....Por isso que quando reformo gosto de respeitar a alma do andar e guardar tudo o que consiga recuperar. Mesmo que não seja tão funcional.
Bjs!

Lia Gloria disse...

Milagre existe rs
A cadeira está tão feliz quanto tu, e nós também! Tecido lindo, reforma invejável, Rebeca.

Gosto dos lugares onde fotografas, compartilhando memórias histórias do tempo...

bjs

Liduh disse...

Que linda, Rebeca... E ela ficou ótima sem os braços, só tinha um mesmo rs:) Adorei a ideia de colocar a estampa da máquina de costura. Ah essa casa tem história, né?;)
Beijos!

filosofiabotequim disse...

O cadeirão ficou lindo. Adoro esta mistura entre os design antigo e o novo. :)

Marly disse...

Oi, Rebeca,

A cadeira ficou linda e estilosa, valeu muito a pena salvá-la, rsrs.

Beijo!

karen Disley disse...

Oi Rebeca,
Adorei essa cadeira que nem parece a mesma, que tecido maravilhoso.Agora mostra onde vc colocou ela na sua casa?
Sou doidinha por esse tipo de móvel!
obrigada pela visitinha e o carinho lá no blog.

O meu pensamento viaja disse...

Adorei! Valeu! Ficou espetacular!
Parabéns.

By Neymes disse...

NOSSA RE,VOCÊ DEU OUTRA VIDA A ELA MESMO HEIN?
ADOREI,PARABÉNS.BJIM.VALÉRIA.

Simone pinturas e crochês disse...

Oi querida Rebeca!
Ficou fantástica, muito linda, amo também os lugares onde tira suas fotos, encantadoras imagens...
Um beijo com muito carinho!

Sandra Guadagnin disse...

Rebeca, que luxo de cadeira. O tecido é maravilhoso, compensou esperar o momento certo a ser usado. Adorei a surpresa nas costas da cadeira, ficou divertida e sofisticada. Enfim, só elogios. Ah, e a casa antiga onde fotografou a cadeira? Nossa, paro nessas construções antigas. Aqui no litoral do Paraná tem casarões abandonados, com fachadas maravilhosas, lugares dignos de olhos como os seus. Parabéns pela criatividade na cadeira, pelas belas fotos e pela disposição em criar peças únicas.
Beijos e estarei sempre por aqui, admirando seu talento. Fico lisonjeada por ser convidada.

Geórgia Moriconi disse...

rebeca, que maravilha, vc tem jeito pra coisa, viu...que lindeza, pena que aqui em guarulhos, não temos muito dessas coisas...ah! a cachorrinha se chama maria, filho que escolheu...bj

KARINE MARIANO disse...

Ahhhhhhhhhhhh Rebeca!!!
As vezes me pergunto quando venho até aqui em que época vc nasceu (no bom sentido)porque tudo nos remete ao passado a grandes casarões rústicos e cheios de belezuras.
Amo tudo que vejo por aqui.
bjssssssss
Lindo dia para ti

Val disse...

Voltei Rebeca!
Pena que vc esqueceu de explicar como fez a estampa nas costas, pois acho que foi uma ideia tão inteligente que merecia ter sido partilhada. Além do mais é a surpresa da cadeira. Apesar do tecido da frente tb ser lindo, e sou até suspeita para falar, pois uso a bici como meio de transporte na minha rotina diária, portanto gosto delas tb na decoração. Bjs!

a andorinha disse...

Rebeca, adorei a transformação da cadeira e gosto muito dos "cenários" que escolhe. Não tenho conseguido fazer nada destas coisas e começo a desesperar ... Bj :)

Rosaria Amorim disse...

Oi Rebeca, olha você conseguiu levar o meu pensamento ao passado, amo coisas antigas, casarões velhos, me leva a um tempo que eu não vivi,mas quando vejo fico fascinada, a cadeira... amo cadeira medalhão, tenho oito, e todas reformadas de brechó, muitas estavam em um estado que ninguém dava mais nada por elas e estão como novas enfeitando minha casinha, vc teve um olho clinico nesta cadeira, conseguiu fazer ela ficar novinha outra vez e agora ela vale uma grana, pois estão vendendo estas belezinhas pelo olho da cara, adorei a montagem da foto nas ruínas, como eu disse eu tbm amo ruínas, casarões velhos, tem muita história nesses lugares, acho que nasci na época errada. Um Bj e tenha um ótimo dia.

Rai disse...

Rebeca obrigada pela visita.
Parabens menina pela recuperação de uma peça tão linda.
Um fim de semana cheia de luz pra vc.
Bjs,
Rai

simone arrais disse...

Que linda! Amei!

Val disse...

Rebeca,voltei para lhe dizer que indiquei-a para participar do Tag:11 coisas.Claro que só participa se quiser,tiver tempo,se identificar,etc..Pode até seer que vc já tenha feito algo parecido,portanto seja chato repetir.Ok? bjs!!está explicado no blog,mas talvez vc já tenha lido no da Pri (foi ela que me convidou). Mais bjs!

Fê Dutra disse...

Parabéns!
ficou perfeita.

Amara Mourige disse...

Olá Rebeca,adorei ficou linda! Eu gosto muito de cadeiras, não posso ver uma no lixo que tenho vontade de pegar.
beijos
Amara

Josy disse...

Oi Rebeca! Para fazer essas etiquetas é necessário que tenha um pouco de experiência no autocad, por isso pedi ao maridão uma força, não entendo nada de autocad, rsssss... Mas oh as etiquetas vc compra é só escolher o tamanho, e elas veem todas bem juntinhas então é necessário colocar as dimensões da imagem que vc quer no programa autocad para saírem no quadradinho certinho.

Beijos!

joma disse...

Ola Rebeca, vim agradecer a visita e os elogios, a ursinha se voce quizer eu tenho molde a primeira q fiz apanhei bastante , porque não tenho prática nenhuma com bichinhos boneos mas vou me aventurando, a sua cadeira ficou maravilhosa amei tenho também várias revistas, se precisar de algo é só falar bjs uma linda quinta feira

Joana disse...

Linda demais, fico encantada com as transformações e adoro fazer do velho o novo de novo e este é um exemplo perfeito dessa arte de reformar com bom gosto. Bjs
Joana

Artesanato em MDF disse...

oi, faço algumas peças em MDF, quando puder da uma olhada la
abraço. Renato
http://renatoartesanato.com/loja/

Anônimo disse...

A gente SEMPRE acaba usando nossos tecidos guardados,ne? Os maridos só tem que saber disso antes...o meu, fica loooouco comigo! AMEI o tecido de bicicleta!!!!! e AMO PARATY! um beijo DRI HADDAD

Anônimo disse...

A gente SEMPRE acaba usando nossos tecidos guardados,ne? Os maridos só tem que saber disso antes...o meu, fica loooouco comigo! AMEI o tecido de bicicleta!!!!! e AMO PARATY! um beijo DRI HADDAD

mdf disse...

Parabéns pela estrutura e todo conteúdo do blog!
Muito interessante.
Forte abraço.
(artesanato em mdf)
Faça-nos uma visita quando puder www.centralcaixas.com.

Eu recomendo

Eu recomendo

costureiras de Tarsila

costureiras de Tarsila

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Gentileza Gera Gentileza