Quem sou eu

Minha foto
Piracicaba, SP, Brazil
Sou casada, tenho um filho, amo viver, adoro trabalhos manuais, música, filmes, antiguidades etc.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Histórias de cozinha

 

 
 
 A mesma graça que vejo na nuvem de farinha branca que se forma na cozinha quando faço pão, acho no preparo de algumas receitas.
 
  E me dá prazer ouvir quem gosta de cozinhar passar uma receita.
 
  Um amigo, descendente de tiroleses, me conta as recordações gastronômicas da sua infância. Tem os olhos brilhantes e um orgulho indisfarçável dos quitutes da mãe. Não sabe nenhuma receita mas conta detalhes das preparações que observava.
 
  Fico fascinada com o modo como ela preparava Doce de Laranja Cavalo.
 
  Ele lembra que ele e os irmãos ajudavam: iam apanhar as laranjas, descascavam e tiravam toda a pele branca.
 
  Acomodavam as laranjas num saco de batatas vazio, amarravam a boca e mergulhavam o saco no ribeirão vizinho.
 
  E lá ficavam as laranjas submersas por dois dias para tirar o amargor.
 
  Passado esse prazo, os irmãos retiravam o saco do ribeirão, escorriam bem e corriam para casa onde a mãe os esperava à porta da cozinha para, juntos, fazerem do passado uma história doce como do Doce de Laranja Cavalo.

10 comentários:

Alice Maria R. Martelo disse...

olá.
São as histórias mais simples que nos enriquecem.
Muitas vezes sem esperamos.
Beijinhos e bom fim de semana

karen Disley disse...

Olá querida,
Que história deliciosa de ouvir, nos transporta ao local, sentimos até o cheirinho do doce.
Um excelente findes!
Káren

Agulhas, Colheres e Afins disse...

Que doce história, não conhecia esse tipo de laranja, mas já vou pesquisar.
Bjs, Frida LUcia

Rita disse...

Esse doce me deu saudade
do sitio, hummmm bom adorei
o post valeu a pena te visita hj
deixo um abraço com carinho
Bjuss
Rita!!!!

http://cantinhovirtualdarita.blogspot.com.br/

Friends Forever disse...

Rebeca, que delícia essa história! Não conheço essa laranja!Fiquei curiosa!!
Bjs
Amara

Pequeno Príncipe disse...

Que doce gostoso!
Beijinhos,
Pedro

Pequeno Príncipe disse...

Que doce gostoso!
Beijinhos,
Pedro

Joanna Catharina disse...

Eu simplesmente achei lindos os trabalhos do seu amigo Teko! Adorei o blog e a sua dica!

Quanto a este post aqui, como sempre, impecavelmente bem escrito! Seus posts são sempre muito divertidos de serem lidos e você não tem noção do quanto fiquei com vontade de comer esse tal doce de laranja, puts, não faz ideia... rsrsrs

Judy disse...

A doce lembrança do seu amigo e o seu texto irretocável me fez lembrar do doce de laranja que a vó fazia.

As baitas laranjas mergulhadas num balde que ela usava especialmente para isto, dias depois o cheiro delicioso da calda fervendo se espalhando pela casa e depois de frio o deleite...

Boa semana e obrigada por este post

Decora Adora disse...

Rebeca usted tiene un blog muy lindo , me ha encantado
Saludos
Angelica

Eu recomendo

Eu recomendo

costureiras de Tarsila

costureiras de Tarsila

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Gentileza Gera Gentileza