Quem sou eu

Minha foto
Piracicaba, SP, Brazil
Sou casada, tenho um filho, amo viver, adoro trabalhos manuais, música, filmes, antiguidades etc.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Paçoquinha Amor, a almofada






        Certas costuras surgem assim como uma homenagem. No caso desta almofada, bolei uma homenagem para uma das lembranças mais queridas da infância: a Paçoquinha Amor.
     Sua embalagem é simples e esperta: cores vivas e logotipo sem frescura, como parecem ser os logos mais bem sucedidos.
        A ideia chegou num dia desses, apreciando uma paçoquinha ganha. Fui desnudando a paçoquinha com carinho de amante saudosa.  E com dó de lhe jogar a "roupinha", comecei a bolar um apliquê, pois reparei que o desenho era uma coisa até que bem simples.
        E não é que deu certo? Achei que a almofada ficou muito parecida.
     Faltava a foto, o cenário certo. Fui descobri-lo num dos bares mais antigos aqui de Piracicaba, minha cidade.
      Como a foto indica, o Bar Cruzeiro mantêm características de outrora: a balança antiga, as guloseimas guardadas em potes e vendidas a granel,  tendo por medida canequinhas (pede-se: "duas canequinhas de amendoim, por favor").
      E claro, as Paçoquinhas Amor.




9 comentários:

Denise Moraes disse...

Que bela ideia Rebeca! Também faz parte das manhãs lembranças de infância! Amei!! Bjo Denise

Val disse...

Que lindo, Rebeca. Se vc não falasse, eu ia jurar que era um tecido já pronto, está igual ao logo! sempre vi essas embalagens, mas nunca provei, nem sei do que é feito ou que gosto tem. Mas como sou muito visual, nunca me passou despercebida. E o cenário das fotos, perfeito. Imagino vc chegando lá com a almofada debaixo do braço, pedindo licença para a produção, hahaha! muito bom. Beijo, Rebeca, bom fim de semana!!!

Lete disse...

Rê, querida!
Adorei a sua almofada, tão linda, tão perfeita! Desconheço o doce, mas vejo que fizeste com primor uma almofada igualzinha à embalagem. Adorei!
As fotos estão lindas, bem enquadradas no tempo e no tema. Sabe tão bem recordar, não é?
Já tinha passado por aqui, mas na corrida nem deixei um carinho, então quero dizer que as tuas colchas e almofadinhas são uma ternurinha, além de lindas, perfeitas e cheias de bom gosto. Muitos parabéns, queriducha!
Beijinho grande, bom fim de semana!

Pri disse...

Oi, Rebeca!
Amei a almofada e não é a primeira que vejo.
Como moro fora, fiquei curiosa se era um ação promocional da marca pra reviver a infância das "crianças grandes" (nós!!rs), mas não! Foi feita por você mesmo e está perfeita.
Gamei nessa balança! Teria em casa só de decoração.
Beijinhos! ♥

Claudia disse...

Oi, Rê! Ficou um encanto... achei que vc fosse colocar o pap...kkk. Que nada só me deixou na curiosidade... esperta você. Beijos com saudades!

Regina Saraiva disse...

Olá Rebeca,

Menina que maravilha de almofada, achei a homenagem muito querida e apropriada, bem entendida por outra amante de paçoquinha, rs. No primeiro momento pensei que era um tecido estampado com o logo, ficou perfeita, é também uma peça decorativa com motivo atual, "coração e amor", no seu caso ao doce. O cenário é uma beleza, já falei e repito que adoro suas fotos, você encontra locais interessantes para fotografar seus trabalhos e mostrar um pouco de Piracicaba.
Beijos

lansucci disse...

Ficou igualzinha, Rebeca. Hummm...paçoquinha!!! Você fez com algodão?

Anajá Schmitz disse...

Que lindo, uma recordação das coisas boas que passaram.
Bjos
tenha um ótimo dia.

Iris Barbas disse...

Oi Rebeca!

Que postagem linda e saudosa! A almofada ficou ótima! Adoro estas vendas antigas, sempre se acha alguma relíquia, não é mesmo?
Fiquei feliz com a tua visita no meu blog!

Abraços, Iris

Eu recomendo

Eu recomendo

costureiras de Tarsila

costureiras de Tarsila

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Gentileza Gera Gentileza