Quem sou eu

Minha foto
Piracicaba, SP, Brazil
Sou casada, tenho um filho, amo viver, adoro trabalhos manuais, música, filmes, antiguidades etc.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Bolsa de patchwork (ou de amostras de tapeceiro)


Um dos lados

O outro lado da mesma bolsa
(reparem que o fundo também é de couro sintético)

Os dois lados da mesma bolsa: adoravelmente diferentes!

Detalhe do penduricalho

Forrei o couro sintético com o mesmo tecido
do forro da bolsa

O interior da bolsa e o fecho

Como os retalhos estavam no princípio

Como ficaram depois de cortados e...

 
...colocados em ordem


     Essa história de juntar pedaços de tecidos realmente é viciante! Já faz um tempo que virei fã das amostras de tapeceiros.
     Fiz um tapete há dois anos atrás e o resultado me agradou tanto que não tirei da cabeça a ideia de aproveitá-las em outras peças.
     Diante de nova remessa de amostras que ganhei, desta vez pensei numa bolsa para mim. Já vinha usando minha última bolsa de retalhos à exaustão e precisava de um modelo novo.
     Fui me inspirar na ótima Maria Adna, uma mestra das bolsas. Descobri seus vídeos no Youtube e virei ainda mais fã!
     Os retalhos foram passados e cortados. Nem todos tinham o mesmo formato e os cortei também em diferentes tamanhos.
     Depois veio a delicia de combiná-los e juntá-los de modo que para mim houvesse algum sentido ou alguma harmonia.
     Rabisquei um molde baseado numa das bolsas da Maria Adna e parti para a aventura de transformar tudo aquilo na minha bolsa nova.
     Para as alças, o fundo da bolsa e as tiras laterais que compõe o fecho, usei couríssimo, um couro sintético bastante maleável e fácil de costurar.
     Usei esse mesmo couríssimo para fazer os pingentes, só que tive a ideia de colar o tecido do forro da bolsa no verso do couro para só aí cortar as tirinhas. Um detalhe quase imperceptível mas que revela a atenção aos detalhes que gosto de dar. Pode ser que ninguém note, mas eu sei que ele está lá e isso já me faz feliz.






7 comentários:

Denise Moraes disse...

Parabéns Rebeca! Não basta gostar de fazer é necessário uma boa dose de paciência e capricho nos detalhes, e isso você tem de sobra! Amei!
bjo
Denise

Val disse...

Adorei, Rebeca, a verdadeira essência do patchwork: aproveitar retalhos. Resultou numa bolsa vibrante, aliás em duas numa, pois dependendo da posição que usar, vc tem vistas com cores e texturas diferentes. Os detalhes são tudo, o penduricalho revela seu extremo cuidado. Parabéns! beijo e boa semana!

PequenaIv disse...

Rebeca, ficou linda a sua bolsa.
Amei!!!!
Também adoro esses retalhos...rs
Ficou perfeita em tudo..as alças, o pingente, tudo
muito bem feita!
Parabéns!
Beijo

Simone pinturas e crochês disse...

Olá Rebeca! Já disse que sou apaixonada por seus trabalhos, principalmente as bolsas, essa nova ficou maravilhosa, sem palavras mesmo, imagino como é gratificante ver o trabalho concluído e com esse resultado impressionante. Amo,amo e amo suas bolsas...
Beijos e até breve.

Lete disse...

Mais uma maravilhosa bolsa das tuas, Rebeca! Quanta criatividade, quanta perfeição... adoro!
Beijinho grande, querida, és uma inspiração!

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Parabéns!!! Uma linda bolsa!
Beijos
CamomilaRosa

Regina Saraiva disse...

Olá Rebeca,

Que lindeza de bolsa, demais! Os retalhos são lindos e o jeito livre de uni-los deu um charme muito agradável ao visual, e tenho a sensação de ser uma bolsa maleável sem exageros, daquelas que sustentam o quê levam sem desmilinguir completamente. O penduricalho é lindo e o detalhe de forrar com tecido estampado genial, vou copiar por aqui!!!!
Ando sumida pois estou aproveitando a visita da família e curtindo muito a netinha, agradeço o carinho no comentário do móvel recuperado.
Beijos

Eu recomendo

Eu recomendo

costureiras de Tarsila

costureiras de Tarsila

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Gentileza Gera Gentileza