Quem sou eu

Minha foto
Piracicaba, SP, Brazil
Sou casada, tenho um filho, amo viver, adoro trabalhos manuais, música, filmes, antiguidades etc.

domingo, 30 de outubro de 2011

Nhanduti, a renda da vó Isabel





       A origem do nhanduti, diz a lenda, está ligada a uma inconsolável indígena cujo amado desapareceu no dia do casamento. Ao achá-lo morto na selva fechada, ela se abraçou ao seu corpo, velando-o toda a noite. Ao amanhecer, a luz do sol mostrou que o guerreiro morto estava coberto por um belo manto de teias tecido pelas aranhas. A noiva buscou fios e agulhas e, copiando o trabalho das aranhas, teceu para o amado uma deslumbrante mortalha, criando a primeira peça de nhanduti.

       A renda Nhanduti ou Tenerife é uma categoria de renda difundida nos países latino americanos pela dominação espanhola e que teria alcançado o Brasil especialmente através do Paraguai. (fonte: Agulha de Ouro)

       A mim, o nhanduti chegou através da minha vó Isabel, que confeccionava essa renda numa almofadinha de couro, onde ela colocava alfinetes formando o desenho pretendido. Depois, sei lá como, ia trançando os fios e nasciam belas toalhinhas.

       Outro dia minha mãe me perguntou se eu queria as últimas moicanas (toalhinhas) que ela ainda guardava. Imagina se não!

       E, quando menos esperava, minha tia me presenteia com a almofadinha original onde minha vó criava suas toalhinhas. O detalhe que adorei saber que foi meu vô Floriano quem fez a almofadinha prá ela.

       Junto veio um livreto francês de onde os modelos eram tirados.

       Fiz este quadrinho com bastidor na intenção menor de enfeite e mais como uma homenagem ao trabalho delicado da minha vó, filha de espanhóis que vieram para o Brasil.

       Saudades enormes, vó...

4 comentários:

Beth disse...

Oi Rebeca, bom dia! Que bela homenagem e que belo trabalho!

Bjos

Beth

Márcia Helena disse...

Oi Rê, acho lindo esse resgate de memória, de identidade, queria ter tido minhas avós mais próximas.
Lindo trabalho também, nunca me atrevi, acho super difícil. bjs

CARRETEL E AGULHA disse...

GARANTO QUE A SUA VÓ ESTARIA FELIZ EM VER ESSA HOMENAGEM...
MAS MESMO ASSIM TENHA A CERTEZA QUE ELA ESTÁ NUM LUGAR BEM ESPECIAL!
UMA ÓTIMA SEMANA.BJS.MARIANE.

Elizabeth disse...

Rebeca

O material da sua avó é precioso. Há algum tempo venho fazendo e pesquisando essa renda e tenho um blog - Museu Virtual da Renda Tenerife - para a gente compartilhar essas belezuras feitas por pessoas queridas sem ter que se desfazer delas. Posso fazer uma postagem lá com o material? Claro que a fonte será dada assim como um link para seu blog.
Parabéns também pelas belezuras que v. faz.
Elizabeth H Correa
www.rendasol.org.br

Eu recomendo

Eu recomendo

costureiras de Tarsila

costureiras de Tarsila

Obrigada pela visita! Volte sempre!

Gentileza Gera Gentileza